Mais de vinte mil famílias afectadas pela seca no Namibe

0
Pelo menos vinte e seis mil e quinhentas famílias, no universo de cento e cinquenta e nove mil populares, entre homens, mulheres e crianças estão afectadas pela seca, em toda extensão da província do Namibe.

Dados estatísticos de populares afectados pela seca a que Angop teve acesso terça-feira através do comando provincial de protecção civil e Bombeiro do Namibe desde Janeiro a presente data, o fenómeno atingiu já os cinco municípios da província do Namibe, Moçâmedes, Bibala Virei, Kamucuio e Tômbwa.

No referido dado aponta que o município da Bibala lidera o gráfico com nove mil e 334 famílias, com 54 mil pessoas afectadas, seguido pelo Kamucuio com seis mil e 167 famílias e 37 mil afectados, Virei com quatro mil e 333 famílias e 28 mil pessoas, Moçâmedes com 4 mil e 333 famílias e 26 mil e Tômbwa com dois mil e 333 famílias com 14 mil populares afectadas pela seca.

O fenómeno da seca segundo ainda o relatório, oitocentas e dez mil cabeças de gado bovino e um milhão e 200 mil de gado caprino e ovino também foram afectados pela seca, falta água e pasto para os animais.

Para apoio as 26 mil famílias afectadas durante seis meses, a comissão provincial de protecção civil e bombeiros necessita de 25 toneladas de fuba de milho, igual número de arroz, 10 toneladas massa alimentar e feijão, seis de açúcar, uma tonelada de sal de cozinha, 10 de peixe seco, 10 de carne em pacote, entre outros.

Em termos de Inputs agrícolas a comissão necessita de dez mil enxadas Europeias, igual n’mero de enxadas tradicionais, catanas e limas, mil e 560 charruas de tração animal, as picaretas, machados, ancinhos e pás com 500 cada, 400 motobombas, 12 tractores com as suas respectivas alfaias, entre outros.

A comissão necessita ainda de 40 toneladas de semente de milho, 30 de massango, e massambala, 50 de feijão, 85 batata de rena, duas de hortaliças diversas.

A província do Namibe, estimada em 57 mil e 091 quilómetros quadrados, com cinco municípios, Moçâmedes, Virei, Kamucuio Tômbwa e Bibala, conta com 13 comunas e uma população estimada em 588 mil e 378 habitantes segundo dados do censo de 2014 que se dedicam a criação de animais, agricultura de subsistência e a pesca.

Fonte: Angop/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: