Mãe de gémeos que morreram fechados no carro defende pai dos bebés

0

Dois gémeos bebés de um ano perderam a vida após terem sido esquecidos no carro durante horas, no Bronx, nos EUA.

O erro foi de Juan Rodriguez, de 39 anos, pai dos gémeos, que se esqueceu das crianças no carro durante o turno de trabalho, num dia de calor.

“Matei os meus bebés”., confessou o próprio às autoridades.

Ouvido pelo tribunal de Bronx, Nova Iorque, Juan declarou-se inocente dos crimes de homicídio culposo, homicídio negligente e de pôr em perigo o bem-estar das crianças. Saiu, depois, sob fiança, com o advogado a admitir que o seu cliente está “inconsolável”.
Quem falou entretanto do caso foi a outra vítima da tragédia: a mãe dos gémeos.

“O meu pior pesadelo”, foi desta forma que a mãe, Marissa A. Rodriguez, descreveu o caso.
Apesar da tragédia, Marissa defendeu o marido, considerando que não houve intenção alguma no erro fatal.

“Embora esteja a sofrer mais do que imaginava ser possível, ainda amo o meu marido”, afirmou numa declaração divulgada à imprensa, citada pelo New York Times. “Ele é boa pessoa e um ótimo pai e sei que nunca faria nada de intencional para magoar os nossos filhos”, acrescentou.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: