Lunda Sul: SIC desmantela rede de funcionários bancários que desviavam somas avultadas em contas de pessoas falecidas

0

Quatro funcionários da agência do Banco de Poupança e crédito (BPC) na província da Lunda Sul encontram-se detidos desde segunda-feira,19, acusados de desvio de mais de 14 milhões de Kwanzas das contas de clientes falecidos.

Estão igualmente detidos um individuo sem qualquer vínculo laboral ao BPC e uma mulher que se fazia passar por viúva e para cuja conta pessoal eram transferidos todas as verbas desviadas ilegalmente das contas dos clientes falecidos.

O esquema passava por levar esta mulher a passar pela viúva dos clientes falecidos, contando, para isso, com a cumplicidade dos funcionários.

A investigação surgiu, segundo apurou o NJOnline, junto de fonte do Serviço de Investigação Criminal (SIC) Lunda Sul, depois de alguns familiares de algumas vítimas sentirem dificuldades em fazer movimentos nas contas dos seus familiares.

“Desencadeamos está operação com o SIC porque notamos que funcionários de algumas agências bancarias, sobretudo do BPC, têm estado e usufruir ilicitamente de valores de pessoas falecidas”, disse, Liliana Camaumba subprocuradora da Lunda Sul em exercício, citada pela TPA.

A magistrada revelou ainda que a PGR e o SIC estão a investigar muitos casos do género, nas lundas sul e norte.

“Estes casos estão a ser tratados nos termos da lei, por isso, mantivemos algumas pessoas em prisão preventiva e continuamos a fazer a investigação”, afirmou.

Fonte: Novo Jornal/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: