Luanda precisa mais de quatro mil autocarros

0

Quatro mil e quinhentos autocarros é o número de veículos de transportes colectivos necessários para atender às necessidades de mobilidade urbana em Luanda, informou, nesta terça-feira, fonte do governo provincial.

Segundo a mesma fonte, antes da entrada dos 88 novos autocarros de um total de 220, na província de Luanda contava apenas com 170 veículos de todas empresas de Transportes Rodoviários Regulares Colectivos Urbanos de Passageiros.

A fonte informou que em breve entram em funcionamento mais 115 autocarros, com s formalidades legais e o processo de legalização está em curso, permitindo a abertura de 43 novas rotas.

Angoaustral: Gamek (Maianga)/São Paulo, Vila de Viana/Centralidade do Sequele, Cacuaco/Viana.

Rosalina Express: Benfica/Ramiros, Benfica/Capalanca (Viana), Benfica/Centralidade do Kilamba, Zango Zero/Zango Cinco, Vila de Viana/Zango 0.

CamCon: Vila de Viana/Centralidade do 44, Centralidade do Kilamba/Golf 2, Calemba 2/Benfica.

As empresas Macon e Strang também foram contempladas e irão fazer as rotas Kilamba – Viana, Nova Vida – Largo das Escolas, Avó Kumbi – Gamek, Shoprite – Benfica – Largo Lumeje – Benfica, Avó Kumbi – Baleizão, Largo das Escolas – Golf 2, Vila de Viana – Catete, Vila de Viana – Cacuaco e Zango 1 – Cacuaco.

O bilhete custa 50 Kwanzas.

Os meios fazem parte dos 220 autocarros que o governo de Luanda recebeu do Ministério dos Transportes para reforçar a frota urbana da capital do país, segundo Jovino Santana, chefe de departamento de transporte do gabinete provincial de tráfego e mobilidade de Luanda.

Angop

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: