Jovem tatuado na testa quis mudar e foi batizado pela igreja evangélica

0

O jovem de 17 anos a quem tatuaram na testa ‘eu sou ladrão e vacilão’ devido a uma acusação de roubo quis ‘abraçar’ 2018 com uma nova forma de ver o mundo e, para isso, acabou o ano 2017 com um batismo por parte da igreja evangélica.

A cerimónia aconteceu dia 30 de dezembro, na clínica de reabilitação onde o jovem está internado desde que foi atacado, e foi um dos líder da igreja que partilhou o momento nas redes sociais.

“Deus escreve uma nova história, independente do seu erro, Ele te ama!”, escreveu Vivian Denise Levita.

Recorde-se que o adolescente está internado desde junho com acompanhamento psiquiátrico e psicológico, de convivência social e atividades lúdicas e desportivas.

Fonte: NM/BA

 

Share.

Sobre o autor

Deixar uma resposta