Jogadores e equipa técnica do 1° de Agosto em quarentena institucional

0

Após o afastamento da corrida à fase de grupos da Liga dos Campeões, frente ao Kaizer Chiefs da África do Sul (0-0 e 0-1), a equipa do 1º de Agosto, tetracampeã nacional, cumpre sexta-feira (8) o quarto dia dos 15 de quarentena institucional, no condomínio “Dany Massunguna”, localizado na Cidade Desportiva, no bairro Mártires do Kifangondo.

Sob fortes medidas de segurança, “ninguém entra e ninguém sai da Academia do 1º de Agosto”, visto que a África do Sul faz parte dos países com circulação da nova variante da Sars-CoV-2. Daí a razão de os integrantes da equipa cumprirem as directrizes das autoridades sanitárias do país.

Estão em quarentena o corpo técnico liderado por Paulo Duarte, pessoal de apoio, equipa médica, dirigentes e 18 jogadores que participaram da “Operação Kaizer Chiefs”.  Frustrado o sonho de marcar presença pela quarta vez consecutiva na prova continental, a formação militar vai disputar os “play-offs” de acesso à fase de grupos da Taça da Confederação Africana de Futebol, vulgo Nelson Mandela.

Treino no ex-RI/20

Com a proibição de entrada na Academia, enquanto vigorar o período de quarentena, os 12 jogadores não convocados por Paulo Duarte treinam sexta-feira, às 8h00, no campo do ex-RI/20. Nesta sessão de trabalhos, o técnico-adjunto Ivo Traça centraliza a preparação da equipa na recuperação física, bem como na melhoria dos aspectos técnicos e tácticos.
Em campo reduzido, a finalizar o apronto, os atletas efectuam um jogo de futsal, com o objectivo de o técnico avaliar o comportamento dos mesmos. Em declarações ao Jornal de Angola, o adjunto de Paulo Duarte disse que o afastamento da Liga dos Campeões já faz parte do passado.
“Nem sempre as equipas que dominam os jogos acabam vencedoras. Tivemos situações claras para marcar, não o fezemos. Na única ocasião em que o adversário criou, não desperdiçou. Portanto, temos de levantar a cabeça e continuar a trabalhar”, referiu Ivo Traça.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: