Japão e Angola de mãos dadas na cooperação

0

Angola busca novas áreas na TICAD
No âmbito da Conferência Internacional de Tóquio sobre o Desenvolvimento de África (TICAD), Angola está a preparar projectos em vários sectores, com destaque para das energias renováveis, saúde, ensino superior e formação técnico-profissional, agricultura, agro-indústria, finanças, turismo e novas tecnologias de informação e comunicação, para submeter ao Japão para financiamento.
Na TICAD VI, realizada em 2016, em Nairobi, Quénia, foram definidos os objectivos do Plano de Implementação da Declaração de Nairobi, onde são destacadas algumas áreas prioritárias, nomeadamente a promoção e a transformação estrutural da economia através da industrialização, o fomento de sistemas de saúde resilientes, a fim de melhorar a qualidade de vida e a promoção da estabilidade social.
O ministro angolano das Relações Exteriores, Manuel Augusto, considera crucial a implementação dos projectos apresentados por alguns países africanos e já aprovados pelo Japão, particularmente aqueles cuja concretização possa ter impacto e contribua para a integração económica regional.
A Agência de Cooperação Internacional do Japão, JICA, tem promovido a cooperação do Governo com Angola, nos mais variados sectores, através do apoio financeiro, transferência de tecnologia e formação humana, nos domínios da educação, saúde, agricultura, indústria, energia e infra-estruturas.
As relações políticas e diplomáticas entre Angola e o Japão foram estabelecidas em Setembro de 1976. As trocas de visitas de alto nível entre os dois países tiveram início no final dos anos 80.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: