Isto é o que realmente acontece quando se toma Viagra

0

Disfunção erétil tende a não ser um assunto comum em uma conversa. Afinal, a impotência pode atingir até os relacionamentos mais fortes. É compreensível que exista uma reticência em registrar e falar sobre experiências pessoais.

No entanto, disfunção erétil é mais comum do que se pensa. Mais da metade dos homens com idades entre 40 e 70 anos já tiveram problema de disfunção erétil, uma grande percentagem de consumidores da famosa pílula azul, o Viagra. A função do Viagra é bem conhecida. Mas, o conhecimento de um cidadão médio que usa o Viagra pode ser limitado. No entanto, um estudo realizado pela Superdrug pode trazer um pouco de luz sobre esse assunto.

O estudo revela o que a droga farmacologicamente conhecida como Citrato de Sildenafila realmente faz para o pênis, nos minutos e horas depois de tomá-lo, permanecer enrijecido.

Primeiros 12 minutos

Segundo o estudo, o corpo absorve rapidamente o Viagra e alguns homens notarão os efeitos – ou seja, vão ter uma ereção.

27 minutos

No entanto, se um homem não ficou com uma ereção dentro dos primeiros 12 minutos, então pode acontecer em até meia hora. Segundo os pesquisadores, o tempo médio de resposta ao Viagra foi de apenas 27 minutos.

 

57 minutos

Uma hora marca o ponto crucial do efeito do Viagra. Depois de quase 50 minutos a pessoa que toma Viagra chega ao “potencial máximo de ereção”. Isto é, quando a droga atinge a sua maior concentração no sangue, o que explica por que os médicos aconselham a tomar uma hora antes de fazer sexo.

De acordo com o estudo, os homens podem ter ereções durando até 33 minutos.

Quatro horas

É possível que você ainda possa ser capaz de ter relações sexuais, embora os efeitos do Viagra estejam constantemente reduzindo. O remédio tem uma meia-vida de cerca de quatro horas, o que significa que a cada quatro horas depois de tomá-lo, a droga reduz em 50%.

 

10 horas

Mesmo depois de 10 horas, os cientistas encontraram homens que ainda poderiam ter uma ereção.

 

12 horas

No estudo foi constatado que ainda é possível fazer sexo, mas com uma ereção média de 16 minutos.

 

24 horas

Depois de um dia, os efeitos do Viagra desaparecerão. Quase todos os vestígios da droga desaparecem da corrente sanguínea, juntamente com qualquer impulso ao desempenho sexual.

JornalCiência/BA

 

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: