Ismael Mateus brinda amantes da literatura com poesia

0

Em noite de apresentação da mais recente obra literária do escritor e jornalista Ismael Mateus “Paixões e Desencantos”, os amantes da literatura viveram hoje momentos sublimes no Cine Tropical, com declamações de poemas que retratam o desejo carnal como uma metáfora ampliada aos problemas de ordem social e existencial.

Cerca de duas  dezenas  de  personalidades  ligadas  ao jornalismo, literatura  entre  outras  individualidades foram convidadas para declamarem os  poemas  contidos  na  obra, com realce para o secretário de Estado da Comunicação Social, Celso Malavoloneke.

Mas coube a classe feminina a dar início ao recital, onde se destacaram a  radialista  Carla  Castro  e  a  escritora   Marta  Santos.

Na  ocasião, Ismael Mateus agradeceu  a  todos  os  presentes, sobretudo por poder juntar no  mesmo palco o  género  feminino  e  masculino, que  recitaram    os  poemas   constantes no livro.

Ismael Mateus é jornalista desde 1981. Desde 1985 escreve textos de opinião, divulgados na Rádio Nacional de Angola, e, posteriormente, na LAC. Colaborou ainda nos jornais “Angolense”, “Cruzeiro do Sul” e “Semanário Angolense2”.
Em 1992, publicou a colectânea de textos radiofónicos “Bué de Bokas”, edição da Edipress.
Em 2000, foi coordenador da colectânea “Angola, a festa e o luto”, lançada por ocasião do 25.º aniversário da Independência Nacional.

Em 2001, publicou o romance “Os tempos de Ya kala Ya”, pela Editorial Nzila. A editora publicou, em 2002, “UNITA que Futuro”, uma compilação de entrevistas por si conduzidas na LAC. Em 2003, o seu segundo romance, “Sobras da Guerra”. Dois anos depois, nasceu o seu primeiro livro de poesia “Experiências do Sentir”.

Fonte: Angop / EB

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: