Instagram deixará de recomendar conteúdo “sexualmente sugestivo”

0

Em mais uma iniciativa para impedir a disseminação de desinformação e conteúdo que viole as suas diretrizes de comunidade, o Facebook deu início a uma nova campanha que tornará o Instagram menos permissivo.

A campanha – de nome “Remover, Reduzir, Informar: Novos passos para gerir conteúdo problemático” – poderá lançar alguma confusão entre os utilizadores da rede social. De acordo com a publicação de blogue a detalhar a iniciativa, deixarão de ser recomendados conteúdos no separador Explore ou nas páginas de hashtags que sejam considerados inapropriados.

Conteúdos considerados “violentos, chocantes/gráficos, sexualmente sugestivos, imprecisos e spam como podem ser considerados ‘não-recomendáveis’”, nota o TechCrunch. A ideia do Facebook será prevenir toda e qualquer falha que possa ser apontada, com a empresa a apenas recomendar nas referidas áreas conteúdo que seja considerado 100% seguro.

Naturalmente, a medida está a ser vista com apreensão pelos criadores, que temem ter dificuldades em alcançar novos seguidores.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: