INEMA reata projecto “Amigos da Vida”

0

O Instituto de Emergências Médicas de Angola (INEMA) vai a partir de Novembro deste ano reiniciar o seu projecto de sensibilização e mobilização de dadores de sangue voluntários permanentes, na perspectiva de fornecer às principais unidades sanitárias existentes na província da Huíla.

A informação foi hoje, quinta-feira, prestada à Angop, pelo director do instituto na Huíla, Paulo Luvangamo, que avançando que o projecto deveria começar o ano transacto, mas devido a falta de meios para assistir os dadores o mesmo ficou paralisado.

Referiu que o instituto já tem inscritos 163 jovens voluntários que devem doar mensalmente 35 mililitros de sangue às unidades sanitárias da província, principalmente as mais carenciadas como Hospital Central do Lubango, Maternidade Irene Neto e Pediatria do Lubango.

No entanto, Paulo Luvangamo explicou que o INEMA está a trabalhar com a direcção da saúde e com as administrações municipais, no sentido de criar as condições mínimas para que estes jovens sejam assistidos e que as unidades tenham os equipamentos exigidos.

“O único problema que temos é só a falta de alimentação, meios logísticos e apoios institucional, pois o instituto tem viaturas totalmente equipadas que servem para armazenar o produto”, realçou.

Acrescentou que, o objectivo é de atingir 500 dadores voluntários de sangue permanentes, para apoiar as unidades hospitalares.

Disse que o instituto conta com nove ambulâncias que funcionam com 28 técnicos, mas carece de mais sete, dos quais quatro de suporte avançado e três básico, sendo que as actuais estão já em fase terminal e que funcionam desde 2010, por ocasião do Campeonato Africano das Nações.

Fonte: Angop/BA

Share.

Sobre o autor

Deixar uma resposta