Habitantes abandonam casas devido à delinquência juvenil

0

Moradores dos bairros dos Pescadores 1, 2 e Emanuel, localizados no município de Cacuaco, em Luanda, estão a abandonar as casas, devido à delinquência e os que ficam fazem vigílias com paus, pedras e catanas, para se defenderem de assaltos e agressões efectuados por adolescentes de 12 a 17 anos.

Moniz António, por pouco perdia o filho, Nilson Moniz, 19 anos, no dia 24 de Janeiro, ferido no abdómen com uma faca por delinquentes.
O jovem recebeu os primeiros socorros do pai, enfermeiro há 20 anos, e mais tarde foi encaminhado para o Hospital Américo Boavida, onde recebeu tratamento especializado durante duas semanas, mas já está em casa com muitas dificuldades de se manter em pé, devido à gravidade do ferimento.
A família não apresentou queixa à Polícia Nacional, por medo de retaliação dos marginais que são conhecidos no bairro. “São jovens que não estudam, fumam liamba, inalam gasolina, roubam e muitas vezes matam e os seus pais sabem disso”, disse Moniz António. Por esta razão, pensa em mudar para uma zona mais calma.

Fonte: JA/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: