Guterres condena duplo atentado na Somália que causou 16 mortos

0

Guterres estendeu as suas condolências às famílias das vítimas e desejou uma pronta recuperação aos feridos, numa declaração divulgada pelo seu seu porta-voz, Stephane Dujarric.

As 16 pessoas morreram no sábado em resultado de dois atentados suicidas em Baidoa, no sudoeste da Somália, que tiveram como alvo um restaurante e um café, informou a polícia.

“O número de mortos confirmados nas duas explosões é de 16 e cerca de 20 outras pessoas ficaram feridas, algumas gravemente. Nove pessoas morreram na segunda explosão e sete na primeira”, disse Abudulahi Mohamed, um responsável da polícia de Baidoa.

Baidoa é um importante centro económico a cerca de 250 quilómetros a oeste da capital da Somália, Mogadíscio, e aproximadamente à mesma distância, a leste, da fronteira com a Etiópia.

O grupo extremista Shebab, que controlou Baidoa entre 2009 e 2012 antes de ser expulso pelas forças governamentais apoiadas pela Etiópia, ainda controla zonas no sul e centro da Somália.

Fonte: NM/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: