Governo repatria cidadãos angolanos na África do Sul

0

O Governo Angolano vai começar, no próximo sábado, uma nova fase de repatriamento de cidadãos angolanos retidos na África do Sul, no âmbito da Covid-19.

Nesta operação, a ser efectivada pela companhia aérea nacional – TAAG, deverão ser transportados faseadamente mil 369 passageiros, dos quais 910 localizados em Joanesburgo e 459 na cidade do Cabo, informou segunda-feira o ministro de Estado e Chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, Pedro Sebastião.

Ao actualizar a sociedade sobre as medidas determinadas para o novo período de Situação de Calamidade Pública (a vigorarem num périodo de 20 dias – de 11de Janeiro a 9 de Fevereiro), o governante explicou que em Angola também aguardam pelo regresso, àquele país da África Austral,  876 cidadãos, entre angolanos e sul-africanos.

Entretanto, essa operação de repatriamento de cidadãos ocorre de forma intermitente desde Abril, um mês depois de a pandemia chegar em Angola. De lá para cá já foram resgatados concidadãos retidos na Namíbia, na Nigéria, em Portugal, no Brasil,na Turkia, na China, em Cuba, na Rússia, entre outros países, em época de fronteiras encerradas.

 

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: