Girabola’2020/21: 1º de Agosto ensaia táctica para o clássico de domingo

0
Os militares preparam o clássico dos clássicos, sem a presença do treinador Paulo Duarte, uma vez que se encontra em Portugal a tratar de assuntos familiares. O português falha assim, o segundo jogo diante dos tricolores do Eixo Viário, após a derrota, por 1-2, no “Trumunu Fora de Época”, disputado em Novembro de 2020.

Apesar da ausência justificada, os treinadores adjuntos Mário Soares, Filipe N’zanza e Ivo Traça trabalham uma equipa capaz de aparecer ao melhor nível, após 14 dias de quarentena institucional, em consequência do desafio das Afrotaças frente ao Kaizer Chiefs da África do Sul.

Sexta-feira e Sábado, os adjuntos de Paulo Duarte trabalham nas estratégias a aplicar diante do líder do Girabola, depois de terem visionado o jogo da oitava jornada, de quarta-feira, com o Progresso Sambizanga, em que os petrolíferos venceram por difíceis (3-2).

Na véspera do tão aguardado desafio, o campeão angolano optou por efectuar um treino conjunto, com a finalidade de avaliar o desempenho dos integrantes do grupo, corrigir imperfeições e eleger os potenciais jogadores para o embate com o Petro de Luanda.

“Optámos por repartir o grupo de trabalho, porque estamos muito tempo sem competir, após o jogo com o Kaizer Chiefs. A equipa vem de uma paragem prolongada, por força da quarentena institucional. Apesar de o grupo ressentir da falta de jogos. Penso que os jogadores tiveram um desempenho acima da média”, disse ao Jornal de Angola Ivo Traça.

O “capitão” Dani Massunguna é a única dúvida para o clássico, pois treina com algumas limitações, em consequência da lesão no tornozelo esquerdo. Ainda assim, o corpo técnico tem esperança na recuperação do central.”A equipa médica faz de tudo para que  Massunguna dê o seu contributo no jogo com o Petro.

Os outros jogadores estão bem de saúde e recomenda-se”, garantiu, esperançado que o 1º de Agosto faça um bom jogo. “Sabemos das dificuldades a encontrar nesta partida, porque o adversário vem de uma sequência de jogos. Nós ficámos muito tempo sem competir e vamos entrar para a segunda partida do Girabola. Seja qual for o encontro, o 1º de Agosto entra sempre com o pensamento na vitória. Com base na humildade no respeito pelos adversários”, disse Ivo Traça.

Ingressos para o jogo

Dois mil ingressos para o clássico começam a ser comercializados, a partir de amanhã, na sede do 1º de Agosto (CODENM). Bancada geral (500 Kwanzas), Central Vip Nascente (2000), Camarote Nascente (3000). Os sócios e adeptos entrarão pela porta 4, ao passo que as equipas, convidados e pessoal de serviço pela porta 1.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: