Foi violada em cruzeiro. Agressor livre pois foi em águas internacionais

0

Uma turista britânica, de 17 anos, foi violada a bordo de um cruzeiro familiar, entre Palma, no Panamá, e Valência, em Espanha. O agressor sexual foi libertado uma vez que o crime foi cometido em águas internacionais.

A jovem alega que o homem a forçou a entrar na sua cabine, onde a atacou. Esta acabou por alertar a polícia e o suspeito, um italiano de 18 anos, foi detido quando o barco atracou em Valência, Espanha.

O adolescente foi libertado por um juiz que concluiu que não tinha jurisdição para investigar o suposto ataque. Isto porque segundo as reformas da lei espanhola, o crime foi cometido por um estrangeiro, sobre outro estrangeiro em águas internacionais.

Espera-se agora que o juiz apele para que os três países – Panamá, Reino Unido e Itália – façam alguma coisa.

Fonte: N. Minutos/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: