Félix Tshisekedi aguardado esta terça-feira em Luanda

0

O Presidente da República Democrática do Congo (RDC), Félix Tshisekedi, chega esta terça-feira (05) a Luanda, para uma visita oficial e de trabalho de algumas horas, a convite do seu homólogo angolano, João Lourenço.

Trata-se da sua primeira viagem ao estrangeiro depois de eleito e empossado no cargo, a 24 de Janeiro último.

Segundo uma nota da Casa Civil do Presidente da República, Félix Tshisekedi será recebido no Palácio Presidencial, pelo homólogo João Lourenço, com quem manterá um encontro em privado, seguido de um almoço oficial.

Às 15 horas do mesmo dia, o Presidente da RDC estará de regresso a Kinshasa.

Quinto Presidente da República Democrática do Congo, Félix Tshisekedi nasceu em Léopoldville, em 13 de Junho de 1963.

É o líder da União para a Democracia e o Progresso Social (UDPS), o maior e mais antigo partido de oposição na RDC.

Filho do falecido Étienne Tshisekedi, três vezes primeiro-ministro do ex-Zaíre e líder da oposição, Félix Tshisekedi foi o candidato do partido da UDPS nas eleições gerais de Dezembro de 2018.

Recentemente, nomeou seu parceiro de coligação, Vital Kamerhe, como seu chefe de gabinete.

A sua ficha política regista que, no final de 2008, foi nomeado secretário nacional da UDPS para as relações externas.

Em Novembro de 2011, obteve um assento na Assembléia Nacional, representando a cidade de Mbuji Mayina província de Kasai-Oriental.

Entretanto, não tomou assento por ter considerado “uma eleição fraudulenta”, tendo o seu mandato sido invalidado por “absenteísmo”.

Em Maio de 2013, recusou uma posição de relator na Comissão Eleitoral Nacional Independente (CENI), e em Outubro de 2016 tornou-se vice-secretário-geral da UDPS.

Em 31 de Março de 2018, foi eleito para liderar a UDPS, após a morte de seu pai em 1 de Fevereiro de 2017. No mesmo dia, foi escolhido pelo seu partido para ser o candidato presidencial da UDPS na eleiçções gerais.

Em 20 de Janeiro de 2019, Félix Tshisekedi foi confirmado vencedor do pleito de 30 de Dezembro de 2018, pelo Tribunal Constitucional da RDC.

O mesmo venceu o pleito com 38,57 por cento dos votos, contra 34,83 de Fayulu e 23,84 por cento de Emmanuel Ramazani Shadary, o candidato governamental.

TPA com Angop/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: