Falta de água assola habitantes de Ndalatando

0

As debilidades que se registam no fornecimento de água, no município do Cazengo, particularmente na região de Ndalatando, província do Cuanza-Norte, continuam a afectar a população local.

O presidente do conselho de administração da empresa de Água e Saneamento local, Joaquim Jerónimo, disse ao Jornal de Angola, que devido as falhas no sistema de captação, a partir do rio Mucari, a distribuição de água na região é feita apenas durante duas horas por dia. “ A situação é crítica, pois, a nossa capacidade de fornecimento de água é insuficiente para o número de habitantes do município”, disse.

O responsável disse que o sistema de distribuição do fontenário da Santa Isabel, com capacidade de bombear cinco litros por segundo, encontra-se há algum tempo fora de serviço, e o do Monte Redondo, com capacidade de jorrar 20 litros por segundo, tem a conduta adutora avariada e não permite que a água chegue até aos reservatórios do bairro da Kipata. “Hoje só para Ndalatando já é necessário um volume de água maior do que o que é fornecido, tendo em conta o crescimento populacional da localidade”, sublinhou.
Joaquim Jerónimo informou que Ndalatando tem 16.500 ligações domiciliárias, mas apenas 7.500 estão controladas. “Nem todas as residências de Ndalatando recebem água devido ao baixo volume registado na produção”, frisou, para acrescentar: “Dos 7.500 consumidores controlados, nem todos são cobrados, devido a precariedade do sistema de distribuição, pois muitos habitantes não têm água com frequência.
O responsável admite que Nadalatando poderá ter dias melhores, nesta vertente, quando for construído o sistema de captação e distribuição de água a partir do rio Lucala, cujo arranque dos trabalhos está dependente do fim do concurso público para o efeito.
“Tem de haver sistemas de captação no Monte Re-dondo e nos rios Cambumbi e Camuaxi. Portanto, temos de fazer mais furos artesianos em vários pontos da cidade e bairros de Ndalatando”, disse, acrescentado que, “as fontes de Cambumbi e Camuaxi não satisfazem Ndalatando, mas pode-se aumentar as suas capacidades, para que tenhámos sempre água nos reservatórios”.

Fonte: JA/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: