Espanhóis acusam hackers chineses de roubar informação sobre vacina

0

A revelação foi feita num seminário onde se referiu que o teletrabalho expôs mais as pessoas a este tipo de ataques.

Hackers chineses roubaram informações de centros espanhóis que estão a trabalhar na investigação de uma vacina contra a Covid-19, noticia o El Pais esta sexta-feira, com base em fontes ligadas a estes alegados ciberataques.

Segundo afirmou, esta quinta-feira, a diretora do Centro Nacional de Inteligência (CNI), Paz Esteban, os ataques aos sistemas informáticos têm-se repetido em vários países concorrentes na corrida para obter uma vacina para o novo coronavírus.

Durante um seminário organizado pela Associação de Jornalistas Europeus (APE), o director do serviço espanhol alertou para o crescimento “qualitativo e quantitativo” dos ciberataques durante o confinamento. Situação que se verificou devido à maior exposição a estes ataques, proporcionada pelo teletrabalho.

Os ciberataques visaram sobretudo “sectores sensíveis como a saúde e os produtos farmacêuticos”, e assistiu-se a “uma campanha, especialmente virulenta, não só em Espanha, contra laboratórios que trabalham na procura de uma vacina para a covid-19”, referiu.

Fonte: NM/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: