Enviado especial de Trump na Suécia para o caso do rapper A$AP Rocky

0

O caso envolvendo A$AP Rocky mereceu de Donald Trump atenção especial, ao ponto de o presidente norte-americano ter enviado Robert C. O’Brien (na imagem), um especialista em casos de negociações de reféns.

No passado dia 30 de junho, numa altura em que A$AP Rocky estava em Estocolmo para um concerto, o rapper e a sua comitiva viram-se envolvidos num incidente nas ruas da capital sueca, que levou a detenções por agressão por parte das autoridades locais.
A$AP Rocky foi mesmo detido e o seu caso há muito que deixou de ser um simples caso de justiça sueca para se tornar um incidente internacional.

Numa primeira fase, surgiram denúncias das condições em que estaria detido e o envolvimento de outras celebridades, que apelaram à sua libertação. Este mês, foi o próprio Donald Trump quem anunciou que ia falar com a Suécia a propósito do caso, a pedido do rapper Kanye West, de quem é próximo.

Para além da tensão diplomática, que já implicou críticas de autoridades suecas à pressão de Trump, o caso conta agora com mais este sinal de que a Casa Branca está a dar particular atenção ao caso.

Robert C. O’Brien, explica o New York Times, já marcou presença no tribunal, onde esteve sentado entre fãs e pessoas próximas do rapper, mas também de simples curiosos. E é possível que fique algum tempo por terras suecas. “O Presidente pediu-me para vir aqui e apoiar estes cidadãos norte-americanos”, afirmou, acrescentando de seguida: “estarei por cá até que eles vão para casa”.

Rocky declarou-se inocente. Na próxima quinta-feira deverá prestar declarações em tribunal no julgamento deste caso de agressão que ganhou contornos geopolíticos.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: