Endometriose é uma das principais causas de infertilidade feminina

0

Cerca de 20% das mulheres que sofrem de endometriose apresentam uma quadro de infertilidade.

No Dia Internacional da Mulher, a Associação Portuguesa da Fertilidade toca num dos temas mais penosos para o sexo feminino: A incapacidade de ter filhos.

De acordo com a informação avançada pelo organismo em comunicado, a endometriose está na origem de 20% dos casos de infertilidade feminina, juntando-se assim à genética, à idade, à má alimentação e à má qualidade de sono como possíveis causas da incapacidade de reproduzir.

Esta condição congénita não tem ainda causas “completamente identificadas”, mas pode ter como principais impulsionadores o stress, as substâncias tóxicas e ainda alguns fatores genéticos. Embora se trate de um problema ‘para a vida’, os sintomas associados à endometriose podem ser atenuados com alguns cuidados diários, como a prática de atividade física e a redução do consumo de álcool e café, por exemplo.

Diz a Associação Portuguesa da Fertilidade que a “laparoscopia é, usualmente, apontada como o tratamento mais indicado, quer para a identificação da doença, quer para o tratamento, uma vez que permite um diagnóstico completo”.

Contudo, em casos como os quistos endometriais do ovário, “pode ser necessária uma exérese cirúrgica conservadora. Mas se esta não for uma possibilidade e a doença for bilateral (nos dois ovários) deve poupar-se um dos ovários e procurar a supressão com medicação, até conseguir uma gravidez. O procedimento que tem demonstrado maiores taxas de sucesso entre doentes inférteis que querem engravidar é a fertilização in vitro”, anuncia a associação.

Fonte: Lifestyle/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: