Encontrado morto o traficante que tentou fugir da cadeia vestido de mulher

0

O traficante brasileiro Clauvino da Silva tentou escapar da prisão vestido com as roupas da filha no fim de semana, mas acabou por ser apanhado pelos guardas prisionais. Esta terça-feira foi encontrado morto na cela da prisão de segurança máxima de Bangu.

“Baixinho”, como era conhecido o traficante de Angra dos Reis Clauvino da Silva, de 42 anos, foi notícia este fim de semana pela tentativa inusitada de fugir da cadeia vestido de mulher. Tentou fazer-se passar pela sua filha adolescente, mas acabou por ser apanhado pelos guardas prisionais. Esta terça-feira, foi encontrado morto na cela que ocupava na prisão de segurança máxima em Bangu.

No sábado, Clauvino da Silva vestiu as roupas da filha que o tinha ido visitar, usou uma máscara de silicone, uma peruca e tentou fugir da cadeia Gabriel Ferreira Castilho, no Rio de Janeiro, mas, traído pelo nervosismo, acabou por ser apanhado na portaria do estabelecimento prisional.

Depois da tentativa falhada de evasão, o traficante foi transferido para uma unidade de segurança máxima, em Bangu, onde estava em isolamento e na manhã desta terça-feira foi encontrado morto na sua cela. De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Prisional do Brasil, o recluso enforcou-se com um lençol.

Segundo as autoridades, “Baixinho” fazia parte da liderança do Comando Vermelho, um dos mais temidos grupos criminosos do Brasil e que controla boa parte do tráfico de droga no Rio de Janeiro. Cumpria uma pena de 73 anos e 10 meses de prisão.

Clauvino da Silva já tinha tentado fugir da prisão. Ele foi um dos 31 reclusos que escaparam pelo esgoto do Instituto Penal Vicente Piragibe, no Complexo de Gericinó, em fevereiro de 2013. Acabou, no entanto, preso logo após a fuga em Angra dos Reis.

A Secretaria de Estado de Administração Prisional do Brasil informou que Ana Gabriele Leandro da Silva, de 19 anos, filha do traficante, é suspeita de ter ajudado o pai na tentativa de fuga da prisão no sábado. Mas além da jovem, outras oito pessoas, incluindo uma grávida, também são suspeitas de terem auxiliado Clauvino da Silva.

Fonte: JA/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: