EMBAIXADA DOS EUA E A ORGANIZAÇÃO IREX CAPACITAM JORNALISTAS ANGOLANOS SOBRE JORNALISMO INVESTIGATIVO NA ERA GIGITAL

0

A Embaixada dos Estados Unidos da América em Angola e a organização internacional sem fins-lucrativos IREX convidam os órgãos de comunicação social para a cobertura da cerimónia de encerramento do seminário sobre Jornalismo Investigativo na Era Digital, que terá lugar, no dia 29 de Agosto de 2019, pelas 15:00, na sala de conferências do Luna Hotel Zombo, à Vila Alice, em Luanda. Jornalistas de órgãos de comunicação social das províncias do Bengo, Cabinda, Cuanza Sul, Huíla, Luanda, Namibe e Malanje, participam desde o dia 26  de Agosto, de um  seminário, que teve o apoio do Sindicato dos Jornalistas Angolanos, e que contou com a preleção dos conceituados jornalistas Arsénio Manhice, que lidera actividades de advocacia e formação como especialista de mídia do IREX em Maputo, Moçambique, e Bill Hinchberger, jornalista e professor da universidade de Sorbonne, em Paris, França, e que foi correspondente da The Financial Times, Business Week, Variety e ARTNews, tendo vivido mais de 20 anos no Brasil, onde escreveu o livro-guia de viagem da National Geographic sobre aquele país.Com este evento, os jornalistas participantes aumentam conhecimentos em matérias como os Fundamentos do Jornalismo de Qualidade; Pontos Fortes e Fracos da Mídia em Angola; Jornalismo de Qualidade num Mundo em Mudança; Arte para a Entrevista com Exercício Prático; Técnicas Avançadas de Reportagem: Estar em Cima do Acontecimento; Como Desenvolver e Cultivar as Fontes; Quadro Legal Global e de Angola, e as Restrições sobre o Jornalismo Digital; Jornalismo Investigativo e Empresarial; Avaliação de Riscos para Diferentes Tipos de Mídia numa Cobertura Controversa; Futuro do Jornalismo: Tendências, Ferramentas e Novas Considerações Éticas, bem como a Sustentabilidade da Mídia Digital; Novos Meios de Notícias Digitais Independentes: Influenciadores nas Redes Sociais; Notícias falsas; Verificação dos Factos; e Ferramentas Digitais. O seminário faz parte dos propósitos do governo dos EUA em ajudar a fortalecer a democracia em Angola no âmbito da cooperação bilateral no domínio da capacitação de jornalistas. Nos meses de Junho, Julho e início de Agosto deste ano, a Embaixada dos EUA realizou, com os seus parceiros VOA, SJA e o CIB (Clube de Imprensa de Benguela), Workshops que envolveram mais de 70 jornalistas de Cabinda, Benguela, Cuanza Sul, Huambo e Luanda sobre Jornalismo Online e Edição de Aúdio e Vídeo no Telemóvel para Reportagem.

 

TPA com EMBAIXADA DOS EUA/ SM

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: