Em que países as mulheres são mais dedicadas ao empreendedorismo?

0

Em muitas economias emergentes, o empreendedorismo está se tornando mais comum na população feminina. De acordo com um estudo realizado em 49 países pela Associação Global de Pesquisa sobre Empreendedorismo, mulheres empresárias são especialmente comuns em regiões em desenvolvimento, como África e América Latina. Mais de quatro em cada dez cidadãos em Angola, por exemplo, estão na fase inicial de estabelecer sua própria empresa, ou seja, entre os primeiros 3,5 anos de sua vida comercial. Essa proporção é superior a 21% no caso do Chile e quase 18% na Colômbia.

Ao mesmo tempo, a pesquisa mencionada mostrou que muitos estados com economias desenvolvidas, como Espanha, França, Japão e Alemanha, têm taxas muito baixas de mulheres empreendedoras, todas com proporções abaixo de 10%. Essa parece ser a regra e não a exceção: em geral, as economias mais avançadas tendem a ter taxas mais baixas de empreendedorismo feminino, em parte devido à presença de um maior número de opções de emprego e de maiores níveis de competitividade entre as empresas. . Esses fatores podem tornar menos atraente o projeto de fundar uma empresa.

TPA com STATISTA/SM

Share.

Deixar uma resposta