Dívida de 13 milhões de dólares “apaga” semáforos em Luanda

0

A paralisação dos semáforos arrasta-se há mais de um ano, facto que, de acordo com fontes deste semanário, tem contribuído para o crescente índice de acidentes nas estradas da capital.

Os semáforos em Luanda encontram-se apagados há mais de um ano, por conta de uma dívida de 13 milhões de dólares que o Ministério do Interior tem com a Vlatacom, empresa que gere os aparelhos electrónicos reguladores de trânsito na capital do país, soube o Novo Jornal de fontes ligadas ao processo.

A gestão dos semáforos esteve até 2010 sob a responsabilidade do extinto Gabinete de Intervenção para a Província de Luanda, por via da empresa Vlatacom.

Com a extinção do referido gabinete, a gestão dos semáforos foi transferida para o Ministério do Interior (MININT) em Novembro de 2012, numa decisão saída da Comissão Económica do Conselho de Ministros, segundo apurou este semanário.

Fonte: NJ Online / EB

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: