Discórdia causa morte de dois vietnamitas no Lubango

0

Um cidadão vietnamita suicidou-se, no domingo, com recurso a uma faca, depois de ter morto uma mulher da mesma nacionalidade, de 40 anos, no município do Lubango, província da Huíla.

O vitenamita era comerciante, de 47 anos. Segundo o porta-voz da Polícia Nacional, na Huíla, Luís Filipe Zilungo, suspeita-se que tenha havido um desentendimento entre os dois, levando a que o acusado usasse uma faca para desferir vários golpes na região do dorso da vítima, causando morte imediata. Seguidamente, com a mesma faca, desferiu um golpe na sua região abdominal que lhe causou, igualmente, a morte imediata.

O porta-voz da corporação, que fazia o balanço das ocorrências das últimas 48 horas, afirmou que o facto ocorreu no interior de uma residência no bairro Dack Doy.

Ainda de acordo com o balanço, no mesmo dia, registou-se um crime de violação sexual, concorrido com o roubo de 10 mil kwanzas, também, no município do Lubango, praticado por cidadãos não identificados e tendo como vítima uma adolescente de 18 anos.

Durante o mesmo período, a Polícia Nacional registou 25 crimes, mais quatro, dos quais 14 foram esclarecidos, com 18 cidadãos detidos como supostos autores.

Dentre a natureza dos crimes, destaca-se homicídio, violação sexual, duas tentativas de violação sexual, cinco ofensas corporais, igual número de furtos, três roubos e duas posses e tráfico de droga.

Fonte: JA/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: