Dia Internacional da Mulher

0

A Espanha tem leis sobre o trabalho que são quase iguais entre homens e mulheres, de acordo com o relatório ‘Women, business and the law 2019’ publicado neste fim de semana pelo Grupo do Banco Mundial. De fato, a organização internacional coloca nosso país entre aqueles que desenvolveram uma regulação mais favorável para a integração de mulheres trabalhadoras, com uma pontuação no índice ‘Mulheres, empresas e lei 2019’ de 97,5 em 100.

Nesse sentido, o único aspecto dos seis analisados ​​no estudo em que pode ser aprimorada pertence à categoria de ter filhos, refere-se à licença-maternidade, na qual a Espanha atinge apenas 80 pontos em 100. Em Atualmente, as mães nacionais têm direito a 16 semanas de licença remunerada por ter filhos, período que na Bulgária ou na Grécia excede 40 semanas, de acordo com a OCDE.

Outras áreas comparadas no relatório sobre mulheres e trabalho, e em que a Espanha obteve a maior pontuação, são o regulamento referente à igualdade no casamento, salários, a possibilidade de iniciar uma carreira e pensões.

TPA com STATISTA/SM

 

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: