“Desolação magnífica”. Buzz Aldrin recorda chegada à Lua

0

O segundo homem a pisar a superfície lunar, Buzz Aldrin, recordou a chegada à Lua num evento especial na Biblioteca Ronald Reagan em Los Angeles, EUA, a propósito do 50,º aniversário da missão Apollo 11.

Aldrin aproveitou o momento para recordar a forma como Neil Armstrong tomou controlo manual do módulo lunar Eagle para aterrar na superfície da Lua, classificando a paisagem de uma “desolação magnífica”.
“Acho que disse isso porque era magnífico. Tínhamos chegado lá e parecia muito desolado. Mas era uma desolação magnífica. Penso que o Neil [Armstrong] também reparou nessa beleza”, recordou Aldrin de acordo com a Reuters.
Apesar de ter estado presente num dos momentos históricos mais marcantes da era moderna, Aldrin considera que a ocasião deve ter sido vivida com maior intensidade na Terra. “Às vezes penso que nós os três perdemos o ‘grande evento’. Enquanto estávamos na Lua, o mundo estava a aproximar-se aqui mesmo”, notou o ex-astronauta de 89 anos.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: