Descarga eléctrica fere mais de 100 pessoas no Moxico

0

Cento e 46 pessoas ficaram queimadas e com problemas de traumatismo craniano cefálico, em consequência de uma descarga atmosférica (eléctrica) registada esta quarta-feira, no Luena, durante o funeral de uma menor de 10 anos de idade, no cemitério municipal do Moxico.

O incidente ocorreu por volta das 11 horas, quando as vitimas que assistiam o funeral da criança foram surpreendidas por um raio resultante de uma trovoada que provocou ferimentos graves e criou pânico as pessoas e transeuntes dos arredores do cemitério, que dista a cerca de três quilómetros a norte da cidade do Luena.

Ao falar à imprensa, a directora clínica do Hospital-geral do Moxico, Georgina Esperança Muhunga, deu aconhecer que algumas vítimas do incidente deram entrada nas diversas unidades sanitárias e tiveram alta depois da assistência médica.

Das 127 sinistradas que deram entrada no hospital-geral, 94 tiveram alta, enquanto 33 outras encontram-se ainda sob cuidados médicos na unidade de tratamento Intensivo (UTI), referiu.

Apontou que o Hospital Militar recebeu 12 pacientes, a Clínica Sagrada Esperança cinco e dois no Hospital Municipal do Moxico.

O comandante dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiro (SPCB), Conceição António Simão Dias, argumentou que o incidente poderia ser evitado se o cemitério tivesse para-raios, para fazer face as fortes chuvas acompanhas de raios que ocorrem constantemente na região.

Fonte: Angop/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: