Covid-19: Zaire ameaça encerrar igrejas por incumprimento das medidas

0

A directora do Gabinete Provincial do Zaire da Cultura, Turismo Juventude e Desportos, Nzuzi Makiese, acusou, em Mbanza Kongo, as igrejas de estarem a realizar cultos sem o cumprimento das medidas de prevenção contra a Covid-19.

Muitos cultos não cumprem as medidas de biossegurança
Em declarações à Angop, após um périplo nos municípios de Mbanza Kongo, Soyo e Tomboco, para aferir o grau de cumprimento das medidas de prevenção e combate à Covid-19, a responsável disse ter constatado, com preocupação, a presença de crianças e idosos em cultos sem o mínimo distanciamento físico.

A superlotação dos templos e a falta de condições para a higienização das mãos são, de acordo com a responsável, outras infracções detectadas.
Nzuzi Makiese avançou que se não houver mudança de comportamento será determinado o encerramento das igrejas, até se conformarem com as orientações emanadas pelas autoridades.

De acordo com a responsável, no município do Soyo, zona costeira da província do Zaire, foram encontrados no interior de um templo mais de 350 fiéis, entre crianças, jovens, adultos e idosos, quando devia acolher apenas 150 membros.
O Gabinete Provincial do Zaire da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos tem o registo de 98 igrejas, das quais 78 legalizadas e 20 em via de legalização.

Fonte: JA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: