Covid-19: Rússia doa mais de 18 toneladas de material de biossegurança

0

Angola recebeu, nesta quarta-feira (dia 21), um mínimo de dezoito toneladas (18. 318 no total) de diversos meios de biossegurança, doados pela Federação Russa, no quadro da cooperação entre os dois Estados, para prevenir e combater a covid-19, que o país e o mundo enfrentam.

O carregamento, chegado esta manhã, é constitído essencialmente por cinco mil testes de biologia molecular ( RT-PCR) e cerca de 33 mil litros de álcool em gel.

Deste lote, destacam-se também um milhão e quinhentas mil mascaras cirúrgicas, 13 mil fatos  de biossegurança e vinte mil, entre óculos de proteção cirúrgica e viseiras, informou o Secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

Além deste responsável, estiveram, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, o secretario de Estado para Cooperação Internacional e Comunidades Angolanas, Domingos Vieira Lopes e, em nome da Rússia, o seu embaixador Extraordinário e Plenipotenciário, acreditado em Angola, Vladimir Tararov.

No quadro da prevenção e do combate à pandemia da covid-19 no país, levado a cabo pelo Executivo angolano, o país já beneficiou deste tipo de ajuda vindas da China (maior quantidade) , da Fundação Jack Ma, do Marrocos, do Egipto, do Quatar, da África do Sul e de Portugal.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: