Covid-19: Jornalistas actualizam conhecimentos

0

Mais de 30 profissionais da comunicação social estão a ser capacitados, nesta sexta-feira, em Luanda, em matérias sobre contaminação comunitária da Covid-19 em Angola.

O evento visa, entre outros objectivos, reforçar o conhecimento dos jornalistas que têm a missão de transmitir a informação com maior clareza à população.

O secretário de Estado da Comunicação Social, Nuno dos Anjos Calda Albino, augura que os profissionais aproveitem a oportunidade para que a informação seja transmitida e veiculada com maior transparência possível à população.

“Nessa fase precisamos reforçar e actualizar os conhecimentos dos jornalistas para que, através dos órgãos de comunicação social, possam influenciar e mudar o comportamento da população em acatar e cumprir rigorosamente as medidas de prevenção, visando cortar a cadeia de transmissão”, sublinhou.

Conforme o secretário de Estado, torna-se oportuno e necessário o reforço da uniformização da comunicação nessa fase de transmissão comunitária do vírus Sars-Cov-2, com o propósito de assegurar uma maior mobilização e engajar os cidadãos na luta contra a Covid-19.

Considerou também a comunicação e a informação como elementos fundamentais para combater e prevenir-se do vírus que já infectou um total de mil e 483 pessoas no país.

Reconheceu ainda os meios de comunicação sociais como espaços privilegiados para a disseminação da informação sobre as medidas de prevenção.

Apelou, por outro lado, os cidadãos a respeitar as orientações das autoridades sanitárias e outras entidades que diariamente estão engajados no combate e prevenção dessa pandamia.

Em um dia de formação, promovida pelo Ministério da Saúde, os profissionais da comunicação social estão a debater, entre vários temas, “Importância da biossegurança”, “Desafios do controlo da doença”, “Fases de transmissão”, “Ética e deontologia dos profissionais da comunicação Covid-19” e “Comunicação e orientação comunitária”.

Trata-se de uma formação que se enquadra no Plano Nacional de Contingência e Combate à Covid-19 no país, visando a mobilização e engajamento de todos cidadãos na luta contra esta pandemia.

Desde a confirmação dos dois primeiros casos positivos de Covid-19 no país, em Março último, o quadro epidemiológico de Angola soma um total de mil e 483 infectados, dos quais 520 recuperados, 64 óbitos e 899 activos.

Fonte: Angop/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: