Covid-19: Cerca de metade das infecções no continente estão concentradas na África do Sul, Argélia, Egipto, Marrocos, Nigéria e Gana

0

O número de mortos pela covid-19 em África, que conta agora com mais de 84 mil infectados, subiu nas últimas 24 horas de 2.704 para 2.764 , de acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC). Cerca de metade das infecções pelo novo coronavírus no continente estão concentradas em seis países: África do Sul, Argélia, Egipto, Marrocos, Nigéria e Gana.

O norte de África mantém-se como a região mais afectada pela doença no continente africano, com 1.422 mortos e 27.282 infectados com a covid-19, e com países como Argélia (7.019 casos e 548 mortes), Egipto (12.229 casos e 630 mortes) e Marrocos (6.870 casos e 192 mortes) com números mais significativos

A África Ocidental contabiliza 509 mortos e há 24.165 infecções, sendo a Nigéria, que regista 182 mortes, o país com mais casos (5.959).

Na África Austral foram registados 283 mortos e 16.812 casos, quase todos na África do Sul, que regista 15.515 casos e 264 mortes.

Na África Central, com 7.749 casos assinalados, os Camarões apresentam-se como o país onde há mais casos registados, 2.954, e 139 mortes.

Angola, que já contabiliza duas mortes, soma agora 48 casos confirmados, mas subiu o número de casos recuperados para 17.

Quanto aos países vizinhos de Angola, a RDC tem 1.455 casos e 61 mortes, a Namíbia tem 16 casos e zero mortes, o Botswana tem 25 casos e uma morte, a Zâmbia tem 753 casos e sete mortes, o Congo tem 391 casos e 15 mortes.

Entre os países africanos lusófonos, a Guiné-Bissau é o que tem mais infecções, com 990 casos, e quatro mortos. Cabo Verde tem 328 infecções e três mortos e São Tomé e Príncipe regista 240 casos e sete mortos.

Moçambique contabiliza 137 doentes infectados, enquanto a Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), tem 522 casos positivos de infecção e seis mortos.

Em todo o mundo, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 313.500 mortos e infectou mais de 4,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios.Mais de 1,6 milhões de doentes foram considerados curados.

Fonte: Novo Jornal

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: