Covid-19: Angola mantém os 35 casos positivos

0

Angola mantém os 35 casos positivos da covid-19, com dois óbitos, 11 recuperados e 22 activos e estáveis, informou hoje (domingo) o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda.

De acordo com Franco Mufinda, que falava no habitual ponto de actualização da covid-19 em Angola, o laboratório nacional processou já três mil 916 amostras, sendo 35 positivos, 2980 negativas e 901 amostras em processamento.  

Na quarentena institucional, apontou, Angola controla 886 pessoas, e no capítulo das altas registaram-se 29, Cabinda com 19 e Zaire com 10.

No intuito de conter a propagação da pandemia, Angola observa, desde à 00h00 de domingo (26 de Abril), o terceiro período do Estado de Emergência, a vigorar até às 23h59 do dia 10 de Maio, cumprindo-se 45 dias consecutivos de isolamento social.

Esta é a segunda prorrogação, de 15 dias, do regime excepcional, desta vez com um aligeirar das medidas.

O Estado de Emergência foi decretado a 25 de Março pelo Presidente da República, João Lourenço, após parecer favorável da Assembleia Nacional, e vigorou de 27 de Março a 10 de Abril, tendo sido prorrogado para o período de 11 a 25 do mês corrente.

No quadro da prorrogação, entre restrições e aberturas, voltou a estar interdita a circulação e permanência de pessoas na via pública e passa a ser obrigatório o uso de máscaras para todos os que saírem à rua ou se expuserem em locais públicos.

Entre as imposições, nestes novos 15 dias de cerca sanitária, permanece a obrigatoriedade de os trabalhadores escalados de serviços essenciais, dos sectores público e privado, fazerem-se acompanhar de declarações e passes de serviço.

Angop

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: