Correios regista aumento de receitas em quatro meses

0

Quatro milhões, 889 mil, 720 kwanzas e 830 cêntimos foram arrecadados de Janeiro a Abril deste ano, na província do Huambo, pelo serviço de Correios, mais 826 mil, 714 kwanzas e 82 cêntimos, comparando a igual período em 2018.

Em declarações hoje, quinta-feira, à Angop, nesta região, o director desta empresa pública, Jorge Baião, justificou o aumento de receitas ao facto de terem sido melhorados os serviços, incluindo a capacitação dos funcionários.

Informou que as receitas resultaram da cobrança de serviços convencionais de internet e express, alugueres de apartado (locais onde se guardam encomendas vias postais maiores) e serviços postais, sendo este último o mais concorrido e que mais gera receitas.

Entretanto, disse que a instituição continua com falta de viaturas para os serviços expressos, de estafeta e outros, já que os dois veículos existentes não cobrem os 11 municípios da província.

Outra dificuldade, segundo Jorge Baião, tem a ver com a falta de energia da rede pública na representação do município do Ucuma e a falta de técnicos, anunciando, contudo, que este ano a intenção é estender os serviços expressos e de estafeta, que passarão a atender também as pessoas singulares, para além das empresas que até então são as únicas que recebiam as encomenda porta a porta.

Pretende-se, também, este ano, criar parcerias com as escolas técnicas públicas e privadas para abertura salas de pesquisa de internet.

Fonte: ANGOP/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: