Coreia do Sul e Angola juntos para um futuro melhor

0

A Coreia do Sul e Angola são “amigos íntimos” que irão caminhar juntos para um futuro melhor, afirmou quarta-feira, em Luanda, o embaixador do gigante asiático, ChangSik-Kim, durante as comemorações do Dia da Fundação Nacional, assinalar-se hoje (quinta-feira).

Segundo o diplomata, para que haja mais aproximação e entendimento entre os dois povos, prevê-se a diversificação dos programas de formação e educação, acrescentando que no seu consulado pretende aumentar o número de turistas sul-coreanos em Angola para conhecer as belezas naturais deste parceiro africano.

Destacou como paisagens  ‘sedutoras’ as sete maravilhas de Angola, com especial atenção para a Serra da Leba, e reafirmou que o intercâmbio cultural continua, tendo para isso lembrado que em Junho foi exibido, em Seul, o filme “Njinga, Rainha de Angola”, e, no final de Outubro, Luanda será palco do Festival do Cinema Coreano.

ChangSik-Kim acredita que esse intercâmbio ampliado entre os dois países irá promover mais investimentos de empresas coreanas em Angola, o que poderá proporcionar a expansão no campo social, cultural, artístico e desportivo.

É sua ambição fortalecer uma parceria duradoura e agradeceu as entidades que contribuíram para o desenvolvimento das relações diplomáticas entre as duas nações, considerando “Angola bom amigo e importante parceiro em África e que tem construído relacionamento benéfico” com seu país desde 1992.

Reconheceu que, devido à distância geográfica entre os dois países, não tem havido um intercâmbio suficiente, mas disse que “há ventos a soprarem no horizonte”, fruto das últimas movimentações recíprocas de membros da assembleia nacional e empresários.
A título de exemplo, em Agosto, a selecção angolana de basquetebol sénior masculina disputou um torneio com a similar local e há duas semanas uma delegação da diplomacia participative Coreia-Africa, composta por 20 cidadãos comuns, visitou Angola no âmbito da Bienal de Luanda.

Angola e a Coreia do Sul cooperam nos domínios da indústria, pescas, agricultura, educação, ensino, formação profissional e diplomático. 
Este pais asiático abriu a sua embaixada em Angola em 2007, depois do estabelecimento de relações diplomáticas em 1992 e está entre as dez maiores economias do mundo.
Em Abril último, foi anunciado em Luanda que um acordo sobre promoção e protecção recíproca de investimento entre o Estado angolano e sul-coreano está na forja, numa iniciativa que poderá impulsionar o volume de negócios entre os dois países para cima dos actuais 200 milhões de dólares norte-americanos.

Dia da Fundação Nacional (Gaecheonjeol) na Coreia significa “o dia em que o Céu se abriu”. A Coreia foi estabelecida com o espírito nacional de Hongik Ingan, equivalente a “beneficiar amplamente a humanidade”, razão porque o BTS, grupo famoso de pop coreano (K-Pop), recita em temas o conceito “ame-se a si mesmo”.

Dia da Fundação e outras datas históricas 
A bandeira da Coreia do Sul tem fundo branco com o símbolo do Yin e Yang nas cores azul e vermelho ao centro. Pode ser difícil entender a diferença entre o Dia do Movimento (1 de Março), o Dia da Independência (15 de Agosto) e o Dia da Fundação Nacional (3 de Outubro). 

Para isso, a história tira as dúvidas: a maioria dos países nasce a partir da independência, mas com a Coreia não foi assim. É uma nação milenar, de 4.349 anos. O Dia da Fundação Nacional, em Outubro, celebra a fundação da nação coreana em 2.333 AC.

O Dia do Movimento (1 de Março) comemora um dos levantamentos mais importantes. Neste dia, também chamado de Dia de Samil, vários nacionalistas coreanos declararam a Coreia independente. No entanto, a luta pela independência continuou por mais 25 anos até que realmente ganhasse a liberdade.

O dia em que a Coreia finalmente saiu do jugo dos japoneses é o Dia da Independência, em 1945, e três anos depois, em 15 de Agosto de 1948, a República da Coreia foi criada oficialmente. O 15 de Agosto é comemorado por muitos países como o dia em que o Japão foi derrotado e a Segunda Guerra Mundial, finalmente, chegou ao fim. 

É conhecido como V-J Day, ou o dia da vitória sobre o Japão, este marca o dia em que os nipônicos anunciaram sua rendição. Com isso, a Coreia pode finalmente ganhar a independência.

Share.

Deixar uma resposta