Coreia do Sul desenvolve “bomba de apagão” para usar contra Kim Jong-un

0

A Coreia do Sul desenvolveu uma bomba tipo grafite, capaz de paralisar o fornecimento de energia na Coreia do Norte, impedindo que Kim Jong-un provoque uma guerra nuclear.

A agência de notícias Yonhap, em Seul, informa que a bomba “apagão” causa curto circuito nas redes de eletricidade, espalhando filamentos de grafite feitos com carbono quimicamente modificado.

Na primeira vez que uma bomba desse tipo foi disparada, o alvo foi o Iraque, durante a Guerra do Golfo. Em seguida, em 1999, a OTAN usou uma tecnologia parecida contra a Sérvia, causando uma queda de energia em 75 a 80 por cento do país.

De acordo com relatos, as armas foram desenvolvidas pela Agência para o Desenvolvimento de Defesa da Coreia do Sul, como parte de um programa de ataque preventivo.

“Todas as tecnologias para o desenvolvimento de uma bomba de gravite pela ADD foram asseguradas”, disse um oficial militar.

“Estamos num estágio em que podemos construir as bombas a qualquer momento”.

No mês passado, a Coreia do Sul efetuou um ataque simulado no local de testes nucleares da Coreia do Norte, seguido por exercícios militares dos Estados Unidos, em agosto.

Fonte: YAHOO/BA

Share.

Sobre o autor

Deixar uma resposta