Contraceptivo masculino testado com sucesso em macacos

0

Ciência dá mais um passo na criação de um método contraceptivo que bloqueia a passagem de espermatozóides.

A Fundação Parsemus, dos Estados Unidos, está cada vez mais confiante na criação e comercialização do tão aguardado método contraceptivo masculino.

Passados anos de especulação e tentativas científicas falhadas, a entidade norte-americana vem agora anunciar que o uso de Vasalgel – gel injetado (sob anestesia) e que tem um processo de bloqueio dos espermatozóides idêntico à vasectomia – foi testado com sucesso em macacos.

As conclusões desta experiência em primatas, realizada pela Universidade da Califórnia, foi publicada na revista Basic and Clinical Andrology e revela este método trata-se de uma ‘vasectomia reversível’, ou seja, os cientistas defendem que é um método de contraceção a médio-longo prazo e que será possível travar os efeitos do Vasalgel para que os homens possam ter filhos mais tarde, conta a BBC no seu site.

Para o estudo foram usados 16 macacos machos adultos, sendo que dez já tinham sido pais. O Vasagel foi injetado em todos e os macacos foram libertados para junto de fêmeas férteis, tendo acasalado. Nenhuma das fêmeas engravidou ao longo do estudo, que incluiu dos períodos de reprodução completos, diz a publicação.

Porém, os investigadores salientam que este tipo de contracetivo masculino apenas serve para evitar a gravidez indesejada, não sendo eficaz na hora de proteger contra as doenças sexualmente transmissíveis, como a Sida.

Além disso, foram ainda notados alguns efeitos colaterais, se bem que poucos. O mais sonante diz respeito à necessidade de submeter um dos macacos a uma cirurgia, uma vez que a injeção afetou um dos tubos de passagem dos espermatozóides para o pénis.

Tal como noticiado há dois anos, este contracetivo masculino poderá ter uma validade de dez anos e custar perto de 375 euros.

Fonte: LIFESTYLE/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: