Comer um citrino por dia pode ajudar a reduzir risco de demência

0

O consumo diária de citrinos, frutas como laranja, toranja, limão ou lima, reduz em um quarto o risco de desenvolver demência. É o que sugere um novo estudo japonês.

De acordo com as conclusões dos investigadores da Universidade Tohoku, no Japão, os citrinos podem ser uma poderosa arma para combater esta doença cerebral incurável que está a emergir como uma epidemia do mundo contemporâneo.

Como reporta o Daily Mail, vários estudo já haviam sugerido que os citrinos poderiam proteger o corpo dos danos que levam ao desenvolvimento de Alzheimer e demência. O ácido cítrico contém nobiletina, um químico que, em testes com animais, mostrou retardar ou reverter o comprometimento da memória. Mas este novo estudo, publicado no Bristish Journal of Nutrition, é o primeiro grande estudo a investigar o efeito que o consumo de citrinos pode ter naqueles que têm um maior risco de demência.

Para este estudo os investigadores seguiram, durante vários anos, 13 mil homens e mulheres na meia idade ou idade avançada. Descobriram que aqueles que consumiam citrinos tinham 23% menos probabilidade de desenvolver demência do que os que consumiam estes alimentos duas vezes por semana.

Fonte: msn lifestyle/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: