Cimeira de Nairobi encerra hoje

0

O destaque do dia será a divulgação do Acordo de Nairobi, um documento que deverá refazer o de Georgetown – acto Constitutivo do Grupo África, Caraíbas e Pacífico (ACP), existente desde 1975, ano em que foi igualmente estabelecida a parceria com a União Europeia (UE).

Para os membros do ACP, em muitos aspectos, o acordo encontra-se desajustado à nova dinâmica da geoestratégia do mundo, havendo necessidade de se destacar o multilateralismo.

Hoje, será também adoptada a Declaração de Nairobi e anunciada a data e local da realização da próxima Cimeira do ACP.

O destaque da Cimeira de Nairobi foi a eleição de Georges Chikoti para secretário-geral do ACP.

Esta eleição provocou reações positivas, não só dos membros da organização, mas também da União Europeia e das Nações Unidas. 

Do país, Georges Chikoti foi felicitado pelo Presidente da República, João Lourenço.

A cimeira registou actividades paralelas, tais como o Fórum das Primeiras Damas, sob  tema Rumo à cobertura Universal de Saúde nos países do Grupo África, Caraíbas e Pacífico, e uma exposição multifaceta .

Os participantes vão produzir a Declaração de Nairobi e anunciar a data e local da próxima Cimeira.

Na segunda-feira, o Vice-Presidente da República, durante uma recepção a participantes da actividade, anunciou a disponibilidade de Angola acolher a 10ª Cimeira do ACP.

Fonte: Angop/LD

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: