Cidadãos “travados” na fronteira Angola/Namíbia

0

Duzentos e 15 cidadãos foram impedidos de atravessar ilegalmente a fronteira Angola/Namíbia durante os últimos sete dias, na província do Cunene, pelo efectivo Polícia de Guarda Fronteira.

A informação foi prestada, nesta segunda-feira, à imprensa, em Ondjiva, pelo porta-voz do Comando da Policia Nacional, intendente Nicolau Tuvecalela.

Segundo  Nicolau  Tuvekalela, entre os transgressores constam 178 cidadãos nacionais e 37 namibianos.

Informou  que, por tentativa de violação de fronteira, contrabando de mercadorias e combustível,  cujo os utentes se meteram em fuga, foram apreendidas  40 embalagem de creme, 35 caixas de anestesia, 18 caixas de vacina anti-rábica, 20 sacos de cebola e 541 litros de combustível.

O porta-voz referiu que  foram registadas seis infracções fiscais tributárias.

Acrescentou que o Comando da Policia Nacional no Cunene deteve 33 cidadãos envolvidos em 39 crimes de natureza diversa, mesmo número em relação ao período anterior.

No âmbito da sinistralidade rodoviária, registou-se sete acidentes de viação, que resultaram em um óbito e seis feridos, ocorrido nos municípios do Cuanhama, Namacunde e Cuvelai.

A província do Cunene partilha 460 quilómetros, dos quais 340 terrestre e 120 fluviais, de fronteira com a República da Namíbia.

Fonte: ANGOP/BA

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: