Cidadão espanhol morto por elefante durante safari

0

O gabinete de Informação Diplomática do Ministério dos Assuntos Externos de Espanha confirmou ao jornal “El Mundo” que um cidadão espanhol morreu, na semana passada, na Etiópia, num incidente com um elefante.

“Temos conhecimento, através da embaixada (espanhola) em Adis Adeba (capital da Etiópia), do falecimento de um cidadão espanhol que ali fazia turismo com a família. Informaram-nos imediatamente da ocorrência”, informou o gabinete, que avançou que “a embaixada está a dar assistência à família para a ajudar com a burocracia necessária à repatriação” do corpo.

O Ministério diz que ainda “estão por determinar as circunstâncias” em que o homem morreu, mas os média locais contam que a vítima se encontrava integrada num grupo de cidadãos espanhóis que visitava o parque natural Chebera-Churchura, onde se podem ver leões, búfalos, leopardos e elefantes.

O homem ter-se-á aproximado demasiado dos elefantes para gravar imagens, apesar das advertências dos guias. Foi quando, segundo testemunhos citados pela imprensa etíope, um elefante “foi ao seu encontro, o pisou, golpeou e atravessou o seu corpo com uma presa”.

Os guardas abriram fogo para afugentarem o animal, que parou o ataque, mas o turista não sobreviveu.

O parque Chebera-Churchura, a 465 quilómetros da capital da Etiópia, é muito procurado por visitantes precisamente por causa dos elefantes.

 

Fonte: msn notícias/BA

 

 

 

 

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: