China e Estados Unidos, na vanguarda na geração de sucata eletrônica

0

A tecnologia desempenha um papel cada vez mais importante na vida cotidiana. Mas o que acontece com dispositivos como smartphones, computadores ou tablets quando eles ficam desatualizados pelas últimas tendências do mercado ou quando param de funcionar? Embora existam casos em que podem ser reciclados ou vendidos, a maioria acaba como resíduo de tecnologia. De acordo com o relatório The Global E-waste Monitor 2020, a humanidade gerou 53,6 milhões de toneladas de lixo eletrônico em 2019, dos quais apenas 17,4% foram oficialmente documentados como coletados e reciclados de maneira adequada. Agora, como mostra este infográfico do Statista, a maior parte da sucata eletrônica vem da China e dos Estados Unidos. Os dois países geraram entre os dois um total de 17 milhões de toneladas desse tipo de lixo em 2019. Claro, se falarmos da quantidade gerada por habitante, outros países como o Reino Unido assumem a liderança, com produção de eletrônicos resíduos que atingiram 23,9 quilos per capita. E tudo isso, apesar de o volume total de sucata eletrônica gerada pelo país em 2019 não ter chegado a 1,6 toneladas.

Fonte: https://es.statista.com

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: