Chefe do Executivo de Hong Kong irá retirar projeto de lei de extradição

0

A chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, irá retirar formalmente o projeto de lei de extradição que motivou, nos últimos três meses, violentos protestos e confrontos entre manifestantes e autoridades.

A informação foi avançada pelo jornal South China Morning Post, que cita fontes governamentais. De acordo com esta publicação, o anúncio oficial desta medida deverá acontecer nas próximas horas.

Se se confirmar esta informação, a governante cede assim a uma das exigências dos manifestantes.

Recorde-se que a instabilidade em Hong Kong escalou em meados de junho por causa deste projeto de lei. Posteriormente, as manifestações evoluíram para exigências de mais democracia.

No último fim de semana, os protestos deram lugar a episódios ainda mais violentos. Os manifestantes lançaram bombas de petróleo, atearam fogo e atacaram o edifício do Parlamento, enquanto as autoridades usaram gás lacrimogéneo, balas de borracha e canhões de água, tendo disparado até tiros de advertência com munição real.
Nestes três meses de manifestações já foram detidas cerca de 900 pessoas.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: