Chefe de Estado procura no Japão mobilizar investidores estrangeiros

0

Presidente da República, João Lourenço, participa de 28 a 30 deste mês, em Yokohama (Japão), na VII edição da Conferência Internacional de Tóquio sobre o Desenvolvimento de África (TICAD).

O Chefe de Estado viaja hoje (domingo) ao Japão, acompanhado de uma delegação que integra os ministros das Relações Exteriores, das Finanças, da Economia e Planeamento, da Saúde, da Energia e Águas, e dos Transportes, que tomarão parte em diversos eventos relacionados com os seus pelouros, no âmbito da TICAD 2019.

João Lourenço é o primeiro Chefe de Estado angolano a participar no encontro, que representa a principal plataforma da diplomacia japonesa criada há 25 anos para promover o desenvolvimento de África.
O Presidente da República foi convidado formalmente, em Maio, durante a visita a Luanda do ministro dos Negócios Estrangeiros japonês, Taro Kono, que entregou a João Lourenço um convite do Primeiro-Ministro Shinzo Abe.
A sétima edição da TICAD é organizada em conjunto com as Nações Unidas, Comissão da União Europeia e com o Banco Mundial. Cerca de 4.500 participantes são esperados em Yokohama, no encontro que representa um fórum inclusivo e aberto de Chefes de Estado africanos, organizações internacionais, países parceiros e doadores, sector privado e representantes da sociedade civil.

Agenda do Presidente
Está agendada para quarta-feira, primeiro dia de trabalhos da conferência, uma intervenção do Presidente João Lourenço no painel denominado “Acelerar a Transformação Económica e Melhorar o Ambiente de Negócios Através da Inovação e Envolvimento do Sector Privado”, de acordo com um comunicado da Secretaria de Imprensa do Presidente da República.
No plano diplomático, o Presidente da República vai avistar-se, à margem do evento, com o Primeiro-Ministro do Japão, Shinzo Abe, na tarde de quinta-feira. No último dia da missão, sexta-feira, 30 de Agosto, João Lourenço participa, com outros convidados ilustres, num “Chá da Tarde”, oferecido por Sua Majestade Naruhito, Imperador do Japão, no Palácio Imperial em Tóquio.

Histórico da TICAD
A TICAD é um fórum multilateral com a participação de países e instituições africanos, organismos internacionais e parceiros, sector privado e organizações da sociedade civil.
A primeira edição da TICAD, em 1993, em Tóquio, proporcionou a oportunidade para recuperar a atenção global em África na era pós-guerra fria. A segunda, em 1998, também em Tóquio, discutiu políticas e acções prioritárias articuladas e destacou a importância da parceria comum.
Em 2003, na mesma cidade, a terceira edição da TICAD concordou em ampliar a parceria para incluir países asiáticos e foi focada no conceito de Segurança.
A quarta edição, em 2008, em Yokohama, a conferência, que se realizou pela primeira vez fora de Tóquio, estabeleceu o mecanismo de acompanhamento da parceria comum.
Em 2013, em Yokohama, a quinta edição defendeu a parceria para o crescimento de qualidade e a promoção do comércio e do investimento através de parcerias público-privadas. Em 2016, agora com periodicidade de três anos, a sexta edição da Conferência Internacional de Tóquio para o Desenvolvimento de África foi realizada em Nairobi (Quénia).
Nesta conferência, foram anunciados investimentos para o futuro de África através de projectos em infra-estruturas de qualidade, desenvolvimento de recursos humanos, entre outros assuntos. Na sexta edição da TICAD, participaram 53 países africanos, num encontro que contou com 11 mil pessoas.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: