Casal suspeito de matar vizinha grávida para lhe ficar com o bebé

0

Savanna Marie Lafontaine-Greywind, de 22 anos, estava desaparecida há 10 dias. Foi encontrada, morta, envolta em plástico e amarrada a um tronco, no rio Vermelho do Norte, em Harwood, no estado do Dakota do Norte, perto de Fargo, onde vivem os protagonistas desta história.

Segundo a autópsia, o corpo de Savanna apresentava marcas de “morte violenta”. A jovem estava grávida de oito meses quando desapareceu, mas no relatório não há qualquer referência ao bebé ou ao parto.

Savanna Marie foi dada como desaparecida a 19 de agosto, depois de ir a casa dos vizinhos participar “num projeto de costura”, referiu a família.

Os vizinhos foram interrogados. Brooke Lynn Crews (38 anos) e William Henry Hoehn (32) garantiram à polícia que Savanna tinha saído depois de os ajudar com o tal projeto de costura.

Cinco dias depois, a 24 de agosto, a polícia voltou a casa dos vizinhos e encontrou um recém-nascido. Brooke e William admitiram que o bebé era filho de Savanna e foram detidos, acusados de rapto, homicídio e mentir à polícia.

O bebé ficou institucionalizado. As autoridades aguardam a realização de testes de ADN para confirmar se é filho da jovem assassinada, para o entregarem ao presumível pai, identificado como Ashton Matheny.

Share.

Sobre o autor

Deixar uma resposta