Cancro do ovário: Seis sintomas deste ‘assassino silencioso’

0

O diagnóstico precoce é fundamental para aumentar a taxa de sobrevivência das doentes afetadas por este tipo de cancro.

O cancro de ovário é igualmente apelidado de ‘assassino silencioso’ pela maneira, por vezes, assintomática que se vai propagando pelo organismo.

Trata-se do segundo cancro ginecológico mais diagnosticado no mundo, sendo bastante perigoso devido à dificuldade que existe para detetá-lo.
É na Europa que se encontra o índice mais alto de mulheres com esta condição, principalmente nas regiões do leste e do norte. Tornando o sexto tipo de tumor mais comum em todo o continente.
Estima-se que, no mundo todo, mais de 250 mil mulheres morrem anualmente devido à incidência de cancro no ovário. Sendo que a a sua taxa de mortalidade é maior do que os outros tumores devido à sua deteção tardia.
Sabendo que o seu diagnóstico precoce é determinante para conseguir sucesso no tratamento, é muito importante que as mulheres se informem e conheçam os possíveis sinais que podem servir de alerta.
Não ignore estes sintomas:

1. Dor pélvica

A dor na região pélvica ou abdominal é muito diferente daquelas que sentimos quando temos condições digestivas.
Esta dor é mais parecida com a que experimentamos quando temos cólicas menstruais, e costuma ser bastante recorrente.
Se persistir durante mais de duas semanas e parecer não ter nenhuma origem específica, o melhor a fazer é consultar de imediato um especialista.

2. Indigestão

Os problemas de indigestão são bastante comuns quando não mantemos uma boa alimentação e sobrecarregamos o organismo com comidas pesadas e difíceis de digerir.
É difícil pensar que este transtorno seja um alerta de cancro do ovário, mas não se deve descartar a possibilidade.
3. Perda de apetite

Perder o apetite em determinados momentos da vida é algo normal. Entretanto, quando isso se transforma numa sensação extremamente regular até chegar ao ponto de não querer de todo comer durante dias, trata-se de algo que pode alertar para a existência de um problema.
O cancro do ovário suprime o apetite e, com isso, gera mudanças perigosas no metabolismo celular e lipídico.

4. Distensão abdominal

Um abdómen inflamado pode ser resultado de uma má digestão, uma intolerância alimentar ou de algum problema digestivo.
No entanto, se nenhum destes sintomas parece ser o responsável e se a distensão ocorrer de forma regular, então é melhor acender a luz vermelha e ficar em estado de alerta.

5. Infeções urinárias frequentes

Muitos dos problemas urinários são causados por vírus e bactérias que geram infeções no sistema.

Contudo, o desejo frequente de urinar e a urgência incómoda de ter que fazê-lo subitamente podem ser indícios da presença de células malignas.

Este sintoma pode incluir episódios de incontinência ou dor ou ardor ao urinar.

6. Dor lombar

Sentir uma dor aguda e persistente na região lombar pode ser um indício de um tumor no ovário. Esta condição pode ter muitas origens, razão pela qual é fundamental contar com uma avaliação médica.

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: