Burla tailandesa: Tribunal ouve hoje o último dos réus tailandeses que falta falar

0

Theera Buapeng, o único réu do grupo de tailandeses envolvidos no alegado esquema de tentativa de burla ao Estado angolano no valor de 50 mil milhões USD que ainda não foi ouvido, por falta de interprete, no decurso do julgamento que já leva um mês de duração e 17 sessões concluídas, vai hoje defender-se do que é acusado.

A audição de Buapeng coincide com o facto de ser o último tailandês a ser ouvido e também o 10º e último réu a falar no Tribunal Supremo e isso resulta do facto de não falar nem inglês nem português e não existir um tradutor oficial da sua língua natal para português.

O Tribunal tinha ainda admitido que se o tradutor não estiver presente, o julgamento vai prosseguir com a audição dos quase 40 declarantes.

Entre estes está o ex-Chefe de Estado Maior das Forças Armadas Angolanas (CEMGFAA), Geraldo Nunda, que chegou a estar na condição de arguido, que deixou na fase de instrução, ou ainda o presidente do Conselho de Administração do Banco de Negócios Internacionais (BNI), Mário Palhares, porque foi neste banco que o grupo de tailandeses abriu uma conta para, alegadamente, transfeririam os 50 mil milhões USD que iriam investir na economia angolana.

Fonte: NJ / EB

Share.

Deixar uma opinião

%d bloggers like this: