Brasil campeão da Copa América após 12 anos

0

O Brasil conquistou,domingo, o seu nono título de campeão da Copa América em futebol, ao vencer o Peru, por 3-1, quebrando assim um jejum de 12 anos.

O jogo foi disputado no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, com o resultado a ser construído na primeira parte, após a qual os brasileiros tiveram de sofrer muito para manter a vantagem, sobretudo com a expulsão de Gabriel Jesus, aos 70 minutos.

A equipa orientada por Tite começou bem a partida, criando várias situações de perigo junto da baliza do guarda-redes Pedro Gallese, até que Gabriel Jesus, após uma excelente jogada individual, cruzou a bola para a área onde apareceu a marcar Everton, que fazia o seu terceiro golo na prova.

Contudo, quando o Brasil parecia ter o jogo sob controlo, eis que Thiago Silva toca a bola com o braço dentro da área. O veterano Paolo Guerrero bateu o gurda-redes Allison Becker fazendo o empate.

Refira-se que este tento impediu o Brasil de igualar o feito histórico da Colômbia em 2001, quando venceu a Copa América sem sofrer golos.

Só que a festa dos peruanos durou apenas um minuto, pois Gabriel Jesus, a passe de Arthur, marcou pela segunda vez e fez o povo brasileiro suspirar de alívio.

Na segunda parte, o Peru surgiu mais atrevido no ataque, com o benfiquista André Carrillo e Guerrero em destaque, colocando em perigo a baliza de Allison Becker. Os problemas para o Brasil aumentaram quando o árbitro mostrou o segundo cartão amarelo para Gabriel Jesus, até então um dos melhores em campo.

Com muitas dificuldades em segurar as movimentações dos peruanos, que causavam muita apreensão nas bancadas do Maracanã, o selecionador Tite mudou o sistema tático fazendo entrar o ex-portista Éder Militão para jogar com três centrais.

Na verdade, aos poucos o Brasil reassumiu o comando da partida e já muito perto do final surgiu o golo da tranquilidade, quando Richarlison marcou de penálte fazendo o 3-1.

Fonte: Angop/LD

Share.

Sobre o autor

Avatar

Eliseu Augusto Botelho é jornalista da Televisão Pública de Angola desde Dezembro e 1999. Foi editor do 1º Jornal e do Jornal Nacional, ambos na TPA2 e Coordenador do Jornal da Tarde e co-coordenador do Telejornal, ambos na TPA1. Já foi chefe de redacção do Centro de Produção da TPA em Caxito-Bengo. Actualmente exerce a função de jornalista na Direcção de Multimédia da TPA, cuja tarefa é gerir os conteúdos publicados nas várias páginas do facebook da estação e no seu site oficial. Tem o curso médio de Jornalismo do IMEL e várias formações em Angola e Portugal com professroes, Angolanos, Brasileiros e Portugueses. É licenciado em Relações Internacionais, pelo Instituto Superior de Relações Internacionais, afecto ao Ministério das Relações Exteriores da República de Angola.

Deixar uma resposta