Bayer condenada a pagar 71 milhões a homem com cancro

0

Um júri norte-americano condenou, esta quarta-feira, a empresa farmacêutica Bayer a pagar uma indemnização de  80 milhões de dólares (71 milhões de euros) a um homem com cancro, que se provou ter sido provocado por um dos herbicidas manufacturados pela gigante alemã.

O herbicida Roundup, recorde-se, foi considerado no dia 19 de março um “fator substancial” no cancro desenvolvido pelo septuagenário Hardeman.

O tribunal de San Francisco decidiu que a Monsanto Co., que é detida pela Bayer desde 2018, foi negligente na comercialização do produto, não avisando os clientes dos riscos, explica o Wall Street Journal.

A multa consiste, portanto, em duas fatias: 5 milhões de dólares (4,4 milhões de euros) para compensações e 75 milhões de dólares (66 milhões de euros) em punições.

Fonte: N. Minutos/LD

Share.

Sobre o autor

Avatar

Eliseu Augusto Botelho é jornalista da Televisão Pública de Angola desde Dezembro e 1999. Foi editor do 1º Jornal e do Jornal Nacional, ambos na TPA2 e Coordenador do Jornal da Tarde e co-coordenador do Telejornal, ambos na TPA1. Já foi chefe de redacção do Centro de Produção da TPA em Caxito-Bengo. Actualmente exerce a função de jornalista na Direcção de Multimédia da TPA, cuja tarefa é gerir os conteúdos publicados nas várias páginas do facebook da estação e no seu site oficial. Tem o curso médio de Jornalismo do IMEL e várias formações em Angola e Portugal com professroes, Angolanos, Brasileiros e Portugueses. É licenciado em Relações Internacionais, pelo Instituto Superior de Relações Internacionais, afecto ao Ministério das Relações Exteriores da República de Angola.

Deixar uma resposta